Jun. 12, 2012

3 anos no Canada

Eu sei que sempre prometo voltar a postar com mais frequencia, mas so quem vive aqui sabe o quao eh dificil cumprir essa promessa. Portanto, nada de falar em voltar semana que vem ou daqui a 2 meses. Atualizo quando der e hoje eh um dia muito especial para isso.

3 anos no Canada. Para todo mundo, dia 12 de Junho eh Dia dos Namorados. Pra gente, essa data agora eh celebrada dia 14 de fevereiro (Valentine's Day) e em junho preferimos celebrar o inicio de uma nova vida. Os momentos que antecedem a entrada no aviao (despedidas, etc) eu ainda nao gosto de lembrar, mas a partir dai, cada pedacinho que vivemos nos fez o que somos hoje. Cada decisao que tomamos - na maioria das vezes, pensando e repensando e ainda assim com medo de errar - nos levou onde estamos hoje. Nao foi sempre tudo lindo e a gente errou um bocadinho mas foi tao pouco perto do que recebemos de volta todos os dias que eu juro que nao consigo me lembrar uma coisa ruim para dizer aqui.

Nao conhecemos todas as cidades do Canada, mas amamos a que vivemos hoje. Tanto que nem pensamos em sair daqui. Muita gente pergunta sobre Calgary, mas eh dificil explicar. Acho que eh dificil descrever qualquer lugar quando nao se tem a oportunidade de viver la. Aqui eh lindo, eh frio, eh quente, eh verde, eh marrom, tem montanhas, tem lagos e outras mil coisas que so quem ve entende. A gente ve todo dia e ainda assim se deslumbra com coisas pequeninas. A cor do ceu, uma flor diferente, coisas que no Brasil a gente nao teria tempo de perceber. E foi por isso que mudamos. Para ter tempo. Enquanto muitos questionam salario, emprego, a gente veio atras de qualidade de vida. O resto seria (e esta sendo) consequencia.

E justo hoje duas noticias felizes no jornal (em ingles): O Canada pula para o 4. lugar mais pacifico do mundo e Alberta esta fervendo de novo e preve liderar o pais durante crescimento economico. Como eu disse, primeiro vem a paz e a qualidade de vida. O resto (crescimento economico), eh bonus, eh consequencia.

Feliz 3 anos!

Apr. 16, 2012

Visita ao Brasil

Em Marco/Abril voltamos ao Brasil pela primeira vez em quase tres anos no Canada. A experiencia foi otima, mas voltar pra ca foi melhor ainda.

Adorei usar sandalia todo dia. Comi horrores e vi que a comida por aqui realmente deixa muitissimo a desejar (para quem nao sabe cozinhar feito eu, claro). Tomei suco de tudo que eh cor e matei a saudade de nao ter que encarar uma caixinha na geladeira quando quero tomar algo que nao seja agua. Falar em agua, alguem planta um coqueiro aqui em Calgary faz favor? Que delicia a agua de coco geladinha. Rever todo mundo foi maravilhoso. Cada abraco apertado, como se nada tivesse mudado ao longo desses anos.

Mas a gente tambem passou muito mal de calor. Acho que estamos totalmente aclimatizados aqui, apesar de reclamarmos do frio vez ou outra. Mesmo com ar-condicionado, a umidade fez a gente sofrer e desejar voltar mais cedo. Tambem fiquei meio abusada com a falta de educacao de algumas pessoas. Eu sei, eu cresci com isso, mas se acostumar com o que eh bom, eh facil, viu? E a seguranca? Bom, achei mais policiado do que antes (Recife mais que Belem), mas ainda tive um pouco de medo a noite. Mas nao deixamos de sair e nos divertir!

Enfim, nao vou dizer um monte de coisa ruim do Brasil porque adorei rever a minha cidade e todas as coisas lindas que ela tem. Foi uma experiencia diferente essa de nao pertencer mais ao lugar, de nao ter uma casa ou os amigos que vemos todos os dias agora. Depois que cheguei, nao fiquei morrendo de vontade de voltar e ainda prefiro mil vezes que a nossa familia venha nos ver e viver um pouquinho do que estamos vivendo agora.

Acho que bem la no fundo, tanto eu quanto o Joao nos sentimos felizes por chegar em Calgary e achar o Canada "mais nossa casa" do que o Brasil. Sinal que a nossa escolha foi acertada e que valeu a pena deixar tudo e todos a que estavamos acostumados e recomecar do zero.

Espero que esteja sendo bom para voces tambem ;)

Mar. 8, 2012

Materia sobre a 'sindrome do regresso'

Vi hoje que esta rolando essa materia pelo Facebook e achei interessante compartilhar.

http://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/1055239-de-volta-ao-pais-brasileiros-sofrem-sindrome-do-regresso.shtml

Acredito muito que isso eh possivel (e conheco varios casos), mas verdades absolutas nao existem. Deve ter muita gente tambem feliz em regressar ao lar e acho que poderiam ter mostrado os dois lados.

"Outrora eu era daqui, e hoje regresso estrangeiro, Forasteiro do que vejo e ouço, velho de mim. Já vi tudo, ainda o que nunca vi, nem o que nunca verei. Eu reinei no que nunca fui."

Fernando Pessoa

Feb. 23, 2012

Ah, o verão....

Eu sei, estamos em pleno inverno. Mas, em 23 dias estamos indo pro Brasil e a minha concentração já está lá há tempos....

superultramegahiper excited mode on!!!!

Feb. 8, 2012

Ultimas :)

Uma vida desde que postei aqui pela ultima vez. Na verdade, fico com pena de encerrar o blog porque sei que tem informacoes uteis para quem esta precisando e eh uma forma de manter contato com outros imigrantes.

A nossa rotina continua a mesma, mas ano passado tomamos a decisao de ir visitar o Brasil em 2012. Eu sei que muita gente nem pensaria duas vezes em ir pra la se tivesse a oportunidade, mas pra gente nao eh bem assim. Primeiro que temos apenas 3 semanas de ferias e temos que gastar todos esses dias la. Nao vale a pena fazer uma viagem bate e volta. Segundo que tem tanto lugar bacana que a gente ainda nao foi e que agora temos mais oportunidade que fica aquela duvida "ir pra um lugar que ja conhecemos ou para um que morremos de vontade de ver de perto?". Terceiro que eh caro. No nosso caso, que somos de cidades diferentes e temos que visitar as duas, bem caro.

Mas decidimos que tres anos eh tempo suficiente longe "de casa" e compramos as passagens. Vamos em Marco/Abril e estamos contando os dias. Como sao duas cidades, serao 10 dias em cada (pouquissimo!!) e um milhao de gente pra ver. Alem das pessoas, eu (mais que o Joao) sinto falta da minha cidade em si. Recife tem zilhoes de problemas e faz um calor de aperriar o juizo, mas eh a minha cidade querida do coracao e eu sinto muita falta dela. Quero visitar minhas paisagens favoritas e matar a saudade dos olhos.

Alem dessa novidade, gostaria de contar que conhecemos Los Angeles! Tao legal! O tempo nao estava 100%, mas quando o sol abria, era um tal de coloca um short, abre a janela do carro, vamos passear, logo antes que se esconda! Uma loucura pra quem vem da terra do frio! Foi uma viagem linda, de muitos momentos emocionantes (sentamos no sofa de Friends!) e eu voltaria la umas mil vezes ainda, porque faltou tanta coisa! E Ano Novo com fogos de artificio, do lado de fora sem morrer de frio? BEST THING EVER!





Em Janeiro, a gente comemorou o aniversario de Joao em Canmore. Nunca tinhamos ido la, um absurdo! Canmore fica um pouquinho antes de Banff e eh bem lindinha tambem. Eh uma mini-Banff. A gente passeou um pouquinho, comeu umas coisas bem boas (se forem la, tomem cafe da manha no Chez Francois, imperdivel!!!!) e voltamos felizes e contentes para a nossa vida normal. Viajar eh preciso!


E o inverno hein? Esse esta sendo o nosso terceiro e melhor inverno desde que chegamos. Uma coisa linda sair sem mil roupas e uma sapatilha. Queria tanto que fosse sempre assim.... As previsoes em Novembro de 2011 eram de que uma tal de La Nina ia aterrorizar e esse ia ser o pior inverno dos ultimos tempos! Well, La Nina deve ser mesmo uma mulher... de TPM e inconstante ainda mais. Revolucionou geral. Te amo gata! rsrs

Nao mais prometerei voltar a escrever aqui antes da viagem e Joao muito menos. Ele esta ocupadissimo com uma atividade mega importante chamada Copa dos Blogs, em que alguns blogueiros estao participando e jogando Fifa no PS3, competindo e ele eh, atencao, o primeiro lugar. So me da orgulho esse viciad.. ops, marido.

See you quando der!


**Teclado sem acento, sorry!

Nov. 8, 2011

Movember

E esse mês acontece o Movember aqui no Canadá e em outros lugares do mundo também. É uma causa nobre em que os homens deixam crescer o bigode para arrecadar fundos para a saúde masculina, mais especificamente o cancer de próstata. Em 2010, o movimento conseguiu arrecadar 76.8 milhoes de dólares!

É bem engraçado ver os homens pelas ruas deixando crescer o bigode e o legal é que as próprias empresas encorajam os funcionarios a participarem da campanha. Na empresa que o João trabalha, todos decidiram apoiar a causa (apesar que no fundo eu acho que isso é para terem outro motivo para fazer graça um dos outros) e até tiraram foto para postar no site oficial.

Uma coisa que eu não sabia, era que o nome vem do apelido carinhoso que deram para o moustache (que significa bigode em ingles), 'mo'. Mais uma nova gíria pra gente usar.

Particularmente, eu acho um saco que João esteja com esse bigodinho, mas se é por uma boa causa né? Why not?

(e ainda bem que so dura 30 dias)

Nov. 3, 2011

E saiu hoje no Globe and Mail (Immigration section)

More economic immigrants taking advantage of fast track

Para quem aplicou para o visto de trabalhador temporario ou se formou numa universidade canadense...